A SUA OPINIÃO CONTA - BATERIAS

Temas relacionados baterias

  • VETL Escreveu:Um pack com 22,5kWh úteis por esse preço acha assustador?
    Não sei que contas estão nessa base. Mas eu com 112.000Km já poupei quase 7.000€ só em gasóleo.
    Não estou a entrar em conta com os discos de travão novos, nem com a poupança em caixas de velocidades, embraiagens, turbos, bombas injetoras e injetores, cabeças queimadas, panelas de escape furadas, resistências de incandescência fundidas, etc. etc...
    Por acaso não preciso ainda, mas será que não ganhei ainda para um pack novo?


    Já ganhou já. Cheguei a essa conclusão com as minhas contas. Mas a verdade é que as baterias continuam muito caras.

    Só porque achei curioso, deixo aqui a tendência da evolução do preço das baterias:

    transferir.png
    transferir.png (82.61 KiB) Visualizado 3341 vezes
    "O nível da poluição ambiental no planeta é igualada à burrice dos homens."
    MrArrancas
     
    Mensagens: 10
    Registado: 16 nov 2016, 22:49
    Localização: Loulé, Algarve


  • Após leitura e análise de vários tópicos deste fórum, e conversas que tive com pessoas ligadas à mobilidade elétrica, percebo agora porque o MVS defende a Vortex, marca ligada a uma empresa, Gingabike, com a qual tem uma relação comercial e de serviços muito forte. Apesar da opinião técnica, quase sempre fundamentada com bons exemplos da marca/empresa Vortex/Gingabike, deverá ter-se sérias reservas dada a relação muito forte entre estas duas entidades (GINGABIKE e INTERFLEXO). A dependência económica não liga bem com a independência de opinião.
    E por experiência pessoal, mais as impressões que tenho obtido, as baterias de chumbo não deveriam ser opção, numa mobilidade elétrica evoluída. A Gingabike/Vortex espalhou por este país milhares de quase scooters, sendo de facto líder de mercado ao nível dos veículos equipados com baterias de chumbo ácido, cuja garantia dada é um engodo.
    MTiago
     
    Mensagens: 18
    Registado: 23 mai 2014, 15:21


  • Quando há falta de argumentos... enfim, diga oque disser, apresento factos:
    — Gingabike/Interflexo/MVS são a mesma coisa
    — A vossa opinião não é independente
    — Baterias de chumbo são uma ameaça para a mobilidade elétrica sustentável
    — Como é possível uma empresa como a Gingabike vender veículos a combustão, depois de tudo o que disse, basta ver o discurso neste fórum?!
    — Como é possível a Interflexo/MVS ficar calada sobre está inversão na estratégia de uma empresa que se dizia amiga do ambiente e mobilidade elétrica...

    Factos! Tudo o resto n importa!
    Por acaso o Scooter Elétricas, e o RAA, ajudaram-me na escolha de um pack de baterias a lítio, para substituir umas baterias de chumbo de uma Vortex, de qualidade miserável, e uma garantia que é um engodo!
    As empresas também podem ser éticas, ou melhor, as pessoas que estão à sua frente! Acreditem que mesmo assim, ainda vão conseguir ganhar mais dinheiro com a mobilidade elétrica.
    MTiago
     
    Mensagens: 18
    Registado: 23 mai 2014, 15:21


  • Boas tardes gostava de uma opinião tenho uma vortex TWA de 2014 as baterias ainda são de origem mas muito ressente algum problema o carregador teve e duas das baterias ficarão inchadas
    Qual a vossa opinião trocar as 5 baterias onde se pode arranja ao melhor preço, trocar por lítio onde posso pedir um orçamento
    Se poderem ajudar
    Obrigado
    Reinaldo
     
    Mensagens: 2
    Registado: 04 mai 2017, 20:51


  • Caros utilizadores do e-forum,

    É frequente recebermos emails e telefonemas sobre a aquisição de baterias para veículos "quase scooters" (bicicletas elétricas parecidas com scooters).
    A nossa recomendação é que deixem de comprar baterias a chumbo ácido, dada a sua qualidade duvidosa e a garantia ser muito reduzida. A maioria dos veículos são da marca Vortex (Gingabike)

    Infelizmente a frota de veículos elétricos com baterias de chumbo que se espalhou por este país revela-se agora um problema. Os utilizadores que falam connosco acabam por abandonar a mobilidade elétrica dados os preços proibitivos de conversão dos veículos para lítio.

    Apesar de tudo, optem pelo lítio e por uma garantia de 24 meses.

    A falta de ética e responsabilidade neste meio é grande, com empresas a inverterem a sua estratégia ligada a uma mobilidade sustentável e limpa, para o negócio dos veículos de duas rodas a combustão, com destaque para a Gingabike/Vortex, um defensor da mobilidade elétrica e agora a espalhar veículos fumarentos pelo nosso país.
    Imagem
    Inspired by electric mobility
    Avatar do Utilizador
    RAA
     
    Mensagens: 199
    Registado: 16 mai 2014, 01:17
    Localização: Matosinhos

Anterior


Voltar para BATERIAS




Informação
  • Quem está ligado:
  • Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante
cron