Novo modelo - Bicicleta tipo scooter Vortex One


  • CMatomic Escreveu:Após uns bons kilometros a corrente soltou-se , parente tal risco , arranjei um alicate e cortei o cabo do sensor dos pedais , é claro deverei colocar a corrente de novo para não ter problemas com a lei , mas o sensor esse nunca mais quer saber dele .


    Não necessitava cortar o cabo com alicate. Existe uma ficha dupla sob o selim, bastava desligá-la.
    Todas as ligações eléctricas deste veículo são estabelecidas por fichas de ligação exactamente para facilitar a substituição dos componentes eléctricos ou electrónicos.
    Nunca, mesmo nunca se deve optar pelo corte de cabos. Se a ponta do cabo cortado não ficar devidamente isolada, constituirá risco potencial de avaria ou até situações mais graves.
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • Tenho a pouco tempo esta bicicleta eléctrica , tenho testado ao máximo as suas capacidades desde da velocidade mais reduzida a velocidade máxima permitida , uma das ultimas descobertas foi consigo fazer uma descida a uma velocidade muito reduzida utilizando o motor eléctrico para esse efeito .
    O que se deve fazer para tal acontecer ?
    Antes de iniciar a descida reduz a velocidade abaixo dos 15 km/h , acelera-se um pouco e escolhe-se velocidade adequada a inclinação da descida , em seguida clica-se no botão verde do cruise control , o que vai acontecer , quando se inicia a descida o motor ira retardar , e a velocidade será aquela que escolheram , imaginam fazer uma descida a 2km/h sem utilizar os travões :D .
    CMatomic
     
    Mensagens: 12
    Registado: 14 mar 2016, 23:42


  • CMatomic Escreveu:Tenho a pouco tempo esta bicicleta eléctrica , tenho testado ao máximo as suas capacidades desde da velocidade mais reduzida a velocidade máxima permitida , uma das ultimas descobertas foi consigo fazer uma descida a uma velocidade muito reduzida utilizando o motor eléctrico para esse efeito .
    O que se deve fazer para tal acontecer ?
    Antes de iniciar a descida reduz a velocidade abaixo dos 15 km/h , acelera-se um pouco e escolhe-se velocidade adequada a inclinação da descida , em seguida clica-se no botão verde do cruise control , o que vai acontecer , quando se inicia a descida o motor ira retardar , e a velocidade será aquela que escolheram , imaginam fazer uma descida a 2km/h sem utilizar os travões :D .


    MUITO BEM, BOA DESCOBERTA (e assim se partilham informações interessantes).
    Fazer uma descida aproveitando a travagem regenerativa, com velocidade controlada e em segurança. Para além de não desgastar os calços de travão também vai recarregado as baterias visto que é essa mesmo a função e a vantagem da travagem regenerativa (travar sem gastar calços e enviar energia eléctrica para as baterias).
    A carga que é dada às baterias é verdadeiramente residual, mas é preferível carregar pouco do que nada carregar.
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • Descoberta interessante. Fiquei com curiosidade em testar isso na minha RS, mas não funcionou. Pelos vistos é uma funcionalidade presente apenas nas novas Vortex.
    Avatar do Utilizador
    rnlcarlov
     
    Mensagens: 143
    Registado: 27 mai 2014, 16:12
    Localização: Lisboa


  • O controlador do motor não é o mesmo nos dois modelos.

    O da Vortex One é muito mais recente e de onda sinusoidal.
    Imagem
    Avatar do Utilizador
    MVS
     
    Mensagens: 677
    Registado: 16 mai 2014, 07:15
    Localização: Porto


  • É possivel aumentar a força da travagem regenerativa ?
    CMatomic
     
    Mensagens: 12
    Registado: 14 mar 2016, 23:42


  • CMatomic Escreveu:É possivel aumentar a força da travagem regenerativa ?


    Não. Os controladores que se usam nas bicicletas eléctricas, são controladores pré-programados e não poderão ser reprogramados.
    Apenas são programáveis os controladores usados em scooters acima dos 4.000 wats, como as VORTEX TWR, FWR, NWR.

    Por outro lado, não seria bom intensificar a regeneração pois acima de certos limites, o bem que faz aos travões e até ao conforto na condução, poderá não compensar face ao mal que faz às baterias.

    Estes veículos não estão equipados com um gestor como o SIGAC para limitar os picos que a regeneração injecta nas baterias. Por essa razão, a regeneração deve ser cuidada e foram conciliados ou casados pela engenharia os três grandes vectores destes veículos: MOTOR » CONTROLADOR » BATERIAS. O que é feito na origem normalmente está bem e não deve ser alterado.
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • ola pessoal,eu queria saber se alguém já a tem,e gostaria de saber quanto ela dá de velocidade,eu sei que la diz que o máximo é os 25 km, eu gostaria de saber se dá mais um pouco que isso,eu acho que poderia dar metade,ir até aos 40 ou 45 o máximo.

    Fico a espera de uma resposta.
    LuisMoreira
     
    Mensagens: 2
    Registado: 06 jun 2016, 14:45

Anterior


Voltar para Gingabike




Informação
  • Quem está ligado:
  • Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante
cron