AUTOMÓVEL ELÉCTRICO - VORTEX


  • O facto do quadriciclo pesado de matricula branca poder circular ou não na autoestrada tem a ver com a legislação de cada país na UE em particular. Existem países onde é possível no nosso caso em particular neste momento não. A harmonização para um lado ou para outro ainda não chegou cá.
    Imagem
    Avatar do Utilizador
    MVS
     
    Mensagens: 677
    Registado: 16 mai 2014, 07:15
    Localização: Porto


  • MVS Escreveu:O facto do quadriciclo pesado de matricula branca poder circular ou não na autoestrada tem a ver com a legislação de cada país na UE em particular. Existem países onde é possível no nosso caso em particular neste momento não. A harmonização para um lado ou para outro ainda não chegou cá.


    Penso que actualmente só existe uma cor para as matriculas de quadriciclos.
    Sejam ligeiros ou pesados, o fundo da matricula terá de ser na cor amarela, (penso eu e espero estar enganado pois preferia a matricula branca).

    No inicio, os quadriciclos pesados podiam circular com matricula branca, mas a regra mudou entretanto.
    Terá mudado exactamente para os distinguir dos veículos que podem circular nas Auto Estradas (e faz sentido desgraçadamente).
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • afreitas Escreveu:Penso que actualmente só existe uma cor para as matriculas de quadriciclos.
    Sejam ligeiros ou pesados, o fundo da matricula terá de ser na cor amarela, (penso eu e espero estar enganado pois preferia a matricula branca).

    No inicio, os quadriciclos pesados podiam circular com matricula branca, mas a regra mudou entretanto.
    Terá mudado exactamente para os distinguir dos veículos que podem circular nas Auto Estradas (e faz sentido desgraçadamente).

    Minha opinião é exactamente igual. Uma faixa para viaturas eléctricas é que era motivante, conforme já existe em países mais evoluídos!
    Avatar do Utilizador
    Jorge Rocha
     
    Mensagens: 410
    Registado: 18 mai 2014, 23:56


  • Jorge Rocha escreveu: Minha opinião é exactamente igual. Uma faixa para viaturas eléctricas é que era motivante, conforme já existe em países mais evoluídos![/quote]

    Uma faixa específica para automóveis eléctricos talvez ainda não se justifique pois ainda há poucos.
    Mas autorizar VE nas faixas BUS, não me parece que prejudicasse os transportes públicos, pois a quantidade de VE´s não é suficiente para criar excessos.
    Essa medida seria mais um elemento diferenciador com vista à promoção de VE´s.
    Outra medida a meu ver muito interessante seria as seguradoras reduzirem significativamente os prémios de seguro, pois o risco de acidente é manifestamente inferior ao dos congéneres C.I. e a haver acidentes serão menos violentos, logo com menos prejuízos:
    - Os condutores são em regra mais "regrados", as viaturas eléctricas não são desenhadas para grandes corridas e os condutores na gestão de consumos circulam a velocidades médias significativamente mais baixas.

    Sobre a questão das Vias Rápidas:
    Correndo o risco de estar a puxar a brasa para a minha sardinha, considero que o quadriciclos pesados com velocidade máxima de 80Kmh, deveriam poder circular nas vias rápidas, IP´s, cinturas internas e externas etc. Penso que é assim em alguns países, pois de facto começa a ser difícil encontrar alternativas às vias rápidas nas grandes cidades.
    Editado pela última vez por afreitas em 08 fev 2015, 19:04, num total de 1 vez.
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • afreitas Escreveu: quantidade de VE´s não é suficiente para criar excessos.
    Essa medida seria mais um elemento diferenciador com vista à promoção de VE´s.
    Outra medida a meu ver muito interessante seria as seguradoras reduzirem significativamente os prémios de seguro, pois o risco de acidente é manifestamente inferior ao dos congéneres C.I. e a haver acidentes serão menos violentos, logo com menos prejuízos:
    - Os condutores são em regra mais "regrados", as viaturas eléctricas não são desenhadas para grandes corridas e os condutores na gestão de consumos circulam a velocidades médias significativamente mais baixas.


    Eu penso que seja pelo CI que tinha ser comercial, mas o meu Nissan Leaf em todas as seguradoras tem preços de seguro mais baixo que tinha o Renualt Clio que substituiu apesar de ser um veículo de segmento superior.
    RJSC
     
    Mensagens: 228
    Registado: 19 mai 2014, 18:11
    Localização: Aveiro


  • Primeira viagem do VORTEX E-TWO
    Águeda »»»»» MAIA............ 97 Km.
    Cargas:
    » 30 minutos no Agente Gingabike de S.J.Madeira (Obrigado Pedal Sempre)
    » 30 minutos no MOBI_E posto 1 de Grijó (o posto 2 estava avariado).
    Anexos
    e-two.jpg
    e-two.jpg (143.23 KiB) Visualizado 1860 vezes
    e-two..jpg
    e-two..jpg (156.3 KiB) Visualizado 1860 vezes
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • afreitas Escreveu: » 30 minutos no MOBI_E posto 1 de Grijó (o posto 2 estava avariado).


    Carvalhos. ;)
    Vectrix Vx Li+ - 60 Ah
    Nissan Leaf
    Toyota Prius Plug-in
    Microprodutor

    www.eletricar.pt
    jasmim
     
    Mensagens: 264
    Registado: 18 mai 2014, 21:53
    Localização: Santa Maria da Feira


  • Sim Carvalhos.
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56



  • O VORTEX E-TWO foi ao Golf (Vale Pisão)
    Anexos
    Vale Pisão 3.jpg
    Vale Pisão 3.jpg (225.73 KiB) Visualizado 1789 vezes
    Vale Pisão 4.jpg
    Vale Pisão 4.jpg (274.93 KiB) Visualizado 1790 vezes
    Vale Pisão 2.jpg
    Vale Pisão 2.jpg (251.01 KiB) Visualizado 1791 vezes
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56

AnteriorPróximo


Voltar para Gingabike




Informação
  • Quem está ligado:
  • Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante
cron