iBMS by Interflexo

16 dez 2014, 11:47

  • Não provoca Fidel. Num carregador convencional de por exemplo 10A tens picos rápidos de corrente muito superiores a 10A a serem injectados nas baterias, a média do valor da corrente no tempo é o único valor a que costumas ter acesso.

    Penso que estás a pensar num pack LiFePO4 de 72V 60Ah. Os 30A correspondem a uma corrente máxima segura de carga de 0,5C para quando for necessário. Quando pretenderes carregar a uma fracção deste valor por diversas razões (partilha de tomadas, potência disponível na instalação eléctrica ou diminuição do stress de carga particularmente em tempo frio) este método funciona sem riscos para as baterias.

    Não te esqueças que no caso do iBMS a tensão individual de cada célula é aferida 16 vezes por segundo e cada uma destas 16 medições é compilada através da média de 16 leituras ADC consecutivas. Quando tens um pack de 24 células estão a ser feitas mais de 6000 leituras ADC por segundo á voltagem das tuas células, outras grandezas como correntes e temperaturas são monitorizadas da mesma forma.
    Imagem
    Avatar do Utilizador
    MVS
     
    Mensagens: 677
    Registado: 16 mai 2014, 07:15
    Localização: Porto

16 dez 2014, 12:02

  • Então consegue se fazer a regulação da potência de carga sem grandes custos ?

    Realmente seria uma limpeza ter um carregador a fazer todo o trabalho.

    Por vezes faz muita falta ter a opção de um carregamento rápido.
    Avatar do Utilizador
    MRider
     
    Mensagens: 896
    Registado: 19 mai 2014, 00:05
    Localização: Ilha da Madeira

16 dez 2014, 12:09

  • Por acaso no meu caso seria para 96v 60A, mas vai dar ao mesmo.
    So falta responder ao MRider, a implementação desse sistema é fácil?

    Sent from my ONEPLUS the Beast
    Fidel
     
    Mensagens: 153
    Registado: 19 mai 2014, 12:19

16 dez 2014, 12:41

  • É verdade. É de facto fácil de implementar. Isto envolve apenas programação no microcontrolador. O controlo das gates dos MOSFETs de carga é feito com drivers optoisolado de accionamento suave que não introduzem stress no sistema de controlo de corrente do carregador.

    Na sua formula mais simples basta colocar um parâmetro adicional nos menus de Setup para a percentagem da corrente de carga desejada e a limitação em percentagem seria feita sempre até quando a corrente baixa na fase muito final de carga.

    Numa forma mais avançada poderia ser definido no Setup em valor em Ampéres em vez da percentagem e o sistema implementa um pequeno loop de controlo que actuaria dinâmicamente apenas quando necessário (corrente de carga superior ao valor definido).

    Capacidade de carregar a 6KW Fidel? Numa mota?

    Já trabalhamos com carregadores de 60A e iBMS mas apenas em carros de Golf e a 48V (3KW).
    Imagem
    Avatar do Utilizador
    MVS
     
    Mensagens: 677
    Registado: 16 mai 2014, 07:15
    Localização: Porto

16 dez 2014, 12:59

  • Nao , calma. Aqueles 96v 60A era o pack de baterias. O carregador seria de 30A.

    Sent from my ONEPLUS the Beast
    Fidel
     
    Mensagens: 153
    Registado: 19 mai 2014, 12:19

17 ago 2016, 23:25

  • Viva,
    comprei à pouco tempo um VE (Motociclo) Sanyou ET6-2 4kW e após dar algumas voltinhas decidi desmonta-lo para ver os fabricantes do controlador do motor e do BMS. Quando me deparei com o BMS descrito neste tópico (iBMS24 v4.18).

    Antes de mais queria felicitar a Interflexo pelo desenvolvimento deste produto, à primeira vista e pela descrição parece ser muito completo, muito versátil e a PCB ter alguma qualidade tanto no aspeto como eletricamente. Os pontos fracos à primeira vista são o tamanho da PCB e o facto de não ter uma caixa própria selada dos ambientes agressivos, mas acredito que chegará a esse nível.

    Faço também desenvolvimento de PCB's com sistemas de carga de baterias e tenho alguma experiência na programação de PIC's, daí me suscitar muito interesse este sistema que ainda por cima é desenvolvido no meu país ;).

    Gostava de fazer um diagnóstico às baterias e obter informação em tempo real da tensão das várias baterias, bem como correntes de carga/descarga, etc... Gostava ainda de ter mais alguma informação técnica do sistema, como funcionalidades das várias entradas/saídas, onde encontrar o LCD para ligar à placa (ou o esquema elétrico das ligações ao LCD de 16x2 e dos botões).

    É possível disponibilizar mais manuais para além dos que estão no tópico?

    Cump

    Filipe
    palhinhaa
     
    Mensagens: 1
    Registado: 17 ago 2016, 23:00

Anterior


Voltar para Interflexo




Informação
  • Quem está ligado:
  • Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante
cron