Vantagens de comprar uma Scooter

Temas relacionados com motas e scooters elétricas


  • Ora bem, vamos lá corresponder ao pedido do RAA: Aceitam-se mais contributos para relevar as vantagens na utilização de scooters elétricas.

    Em Milão deram-me a oportunidade de fazer testes e verificar alguns órgãos duma C.I.

    Tratou-se duma monocilíndrica de 400c.c. fabricada em 1993, com 5.300 Km e em muito bom estado geral e aparente.
    CILINDRO: Diâmetro bem dimensionado para o volume em cm3. Uma máquina com poucos kilómetros mas provavelmente devido a elevados regimes de rotação, as paredes apresentavam-se algo estriadas. Também o pistão ou o segmento em forma de ( L ) situado no extremo do pistão poderão ser responsáveis pelo facto. Os segmentos em forma de ( T ) e com arestas boleadas são menos agressivos e mais estáveis.

    TAXA DE COMPRESSÃO: Abaixo do aceitável em consequência das estrias que se verificam na parte interna do cilindro.

    BIELA: Associada a duas rodelas disformes para equilíbrio estático, poderá também ter provocado vibrações transmitidas ao pistão se o referido equilíbrio não tiver sido devidamente acautelado. Esse desequilíbrio, especialmente em regime elevado de rpm´s poderá ser responsáveis pela manifestação estriática atrás referida.

    AIRBAGS: Em acidente com choque frontal apresentavam segurança acima da média, mas em choques laterais os testes revelaram contundência significativa.

    TUBO DE ESCAPE : Estava razoavelmente limpo talvez por usar combustível de qualidade.

    SUSPENSÃO DIANTEIRA: Extremamente confortável. O curso com 200mm torna-se algo exagerado por provocar nariz sob os faróis, demasiado empinado.

    SUSPENSÃO TRASEIRA: Constituída por dois elastómeros de recuperação rápida e molas soft é o ponto forte desta máquina.

    PREÇO: É o ponto fraco desta C.I. É extremamente dispendiosa atendendo ao tempo que se está em cima dela.

    Até o combustível tem sido fornecido graciosamente em mobi-e´s, clientes e centros comerciais.
    Anexos
    FUMARENTA.jpg
    FUMARENTA.jpg (243.58 KiB) Visualizado 4406 vezes
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56


  • De acordo com um estudo feito no Reino Unido quem anda de moto, anda mais satisfeito com a vida, especialmente quando comparado com quem tem de se deslocar de transportes públicos ou automóvel. Se ir para o trabalho de moto já lhe dá aquela satisfação só pelo simples facto de poder fazer mais um trajecto em duas rodas, então perceberá facilmente os resultados deste estudo levado a cabo no Reino Unido. Numa iniciativa do Office of National Statistics, foi feito um inquérito a cerca de 60.200 pessoas que responderam a um conjunto de perguntas relacionadas com felicidade, ansiedade e satisfação. As respostas eram qualitativas e os inquiridos tinham de atribuir um ídice de satisfação às questões quantificado de 0 a 10. Perguntas como “até que ponto sente que o que fez hoje vale a pena”, ou “quão satisfeito está com a vida que leva hoje em dia” são apenas dois exemplos do estilo de questões colocadas. No final, os resultados ditaram que as pessoas que se deslocam diariamente de moto andam mais satisfeitas do que aqueles que fazem os seus trajectos de automóvel, táxi, autocarro, a pé ou até de bicicleta.
    Este inquérito vale como um bom indicador para quem anda de moto ou pensa vir a andar, mas há sempre que considerar que falamos de uma realidade britânica.

    AGORA - DIGO EU:
    Se quem anda de moto anda mais satisfeito, mais satisfeito andará se de moto eléctrica andar.
    afreitas
     
    Mensagens: 724
    Registado: 10 mai 2014, 02:56

Anterior


Voltar para Motas e Scooters




Informação
  • Quem está ligado:
  • Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante
cron